Seg 17 Jun 07:02 français

Cinco casas junto ao aeroporto de Bissau podem ser demolidas

A autoridade aeroportuária da Guiné-Bissau vai mandar demolir cinco casas construídas no perímetro do aeroporto internacional de Bissau por dificultarem a navegação aérea, disse hoje um membro da entidade que gere o espaço aéreo guineense.

Nelson Moreira, responsável da Agência de Segurança da Navegação Aérea em África e Madagáscar (Asecna), indicou que os donos daquelas construções foram avisados do perigo que as casas representam para a comunicação dos aviões com os instrumentos de apoio à navegação em terra, mas mesmo assim decidiram construir.

"É um problema muito sério", afirmou Nelson Moreira.

As construções situam-se na zona da Ponta Rocha, enfiamento contiguo à pista do único aeroporto internacional da Guiné-Bissau.

Guerra Djatá, técnico aeronáutico, explicou que vários aparelhos de apoio à navegação aérea "encontram-se tapados" pelas construções o que, disse, dificulta as comunicações com as aeronaves.

"Qualquer dia o avião pode calcular mal a zona do poiso e isso pode ser um problema para o país", notou Djatá.

Desde 2015 que a Asecna tem vindo a avisar os proprietários das cinco casas sobre os perigos que as suas construções representam e agora, adiantou Nelson Moreira, dentro de 15 dias, vai anunciar a data exata das demolições.

"Nós não podemos permitir que o aeroporto venha a ser fechado por causa de meia dúzia de casas", disse ainda Moreira, sublinhando que os proprietários não terão direito a nenhuma indemnização por terem construído de forma ilegal.

O Ministério das Obras Públicas mandou parar as construções, mas os proprietários decidiram não acatar a ordem, observou Nelson Moreira.

A TAP e a EuroAtlantic voam regularmente para o aeroporto Osvaldo Vieira de Bissau.
TEMPO EM BISSAU

81°F
27°C
C?u limpo
Humidade : 84%
Vento : W a 6km/h
Detalhes e previsões




Log in
Contactos
Saiba mais
2013-2019 Aeroporto-Bissau.com.